Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Portugal tem quatro escolas de gestão entre as 100 melhores do mundo

Nova SBE é a escola portuguesa melhor colocada no ranking do Financial Times, encontrando-se na 23ª posição.

Escolas portuguesas de gestão
Photo by Razvan Chisu on Unsplash
Autor: Redação

Portugal tem quatro escolas de gestão entre as 100 melhores do mundo, de acordo com o ranking de 2021 do jornal britânico Financial Times. São elas a Nova SBE, a Católica Lisbon School of Business and Economics, a ISCTE Business School e a School of Economics and Management da Universidade do Porto. 

A escola portuguesa melhor classificada é a Nova SBE, que se encontra na 23ª posição. O ranking, recorde-se, avaliou 100 escolas com mestrado de gestão em todo o mundo para listar os melhores mestrados internacionais de Gestão a nível global. Trata-se, ainda assim, de uma queda face à posição ocupada em 2020 (16ª) e 2019 (22ª).

A Católica Lisbon School of Business and Economics ocupa o 45º lugar (desceu uma posição face ao ano passado) enquanto a ISCTE Business School surge no 86º posto (dois anos depois volta a estar no ranking, sendo que em 2019 ficou na 93ª posição), à frente da School of Economics and Management da Universidade do Porto, que se encontra na 98ª posição – e estreou-se, assim, no ranking.

A avaliação do ranking de mestrados de Gestão 2021 do Financial Times incide sob 18 indicadores que qualificam as escolas em três principais categorias de análise: Progresso de Carreira dos Alumni, Diversidade da Escola e Experiência Internacional e Investigação. 

A estas categorias junta-se ainda a categoria Apontamentos Adicionais, incluídos para aferir elementos diversos que complementam a qualidade da escola e do mestrado, embora não sejam considerados para efeitos de classificação no ranking.

A Nova SBE destaca-se como a escola portuguesa cujos alunos, num prazo de três anos, atingem o nível salarial mais elevado. Destaque ainda para o facto de, ao nível da mobilidade internacional, a escola portuguesa ganhar vantagem sobre a maioria das outras, sendo a 14ª melhor do mundo neste indicador, que tem em consideração as oportunidades de carreira em mercados internacionais que as business schools proporcionam aos seus alunos.

“A atual posição não só destaca a Nova SBE como a escola de negócios n.º 1 em Portugal, mas coloca-nos no Top 25 das melhores business schools do mundo, realçando o nosso posicionamento além-fronteiras patente, por exemplo, na atratividade da escola para alunos internacionais. Ilustrativo disso é também a posição que arrecadou como a 14ª escola no mundo com melhores oportunidades de carreira internacional. Estes resultados motivam-nos a continuar a trabalhar, fiéis à nossa missão e ao desejo de atrair o melhor talento e estimular o potencial da nossa comunidade além de Portugal, para alcançar os objetivos a que nos propomos”, disse Daniel Traça, dean da Nova SBE.