Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Brisa deve 110 milhões de euros de IRC ao Fisco

Autor: Redação

As Finanças decidiram inspecionar as contas da Brisa, em 2010, e concluíram que a empresa deve 110 milhões de euros de IRC, referentes a uma mais-valia gerada pela venda de uma participação de 16,35% que detina na CCR Companhia de Concessões Rodoviárias, no Brasil.

Para o Fisco, não se verificava isenção nesta mais-valia e há 110 milhões de euros de imposto por pagar, avança o Jornal de Negócios, dizendo ainda o jornal que a Brisa tem posição diferente. A empresa considera que o que havia a pagar já está pago e já reclamou.

Franco Caruso, diretor de comunicação da empresa, citado pelo Jornal de Negócios, diz que “a Brisa está convicta de que a Autoridade Tributária, após análise detalhada da reclamação administrativa, irá chegar à mesma conclusão”, ou seja, de que afinal não há mais nada por pagar.

Para o Fisco, a empresa tem de acrescentar ao seu lucro tributável do ano em causa cerca de 700 milhões de euros, daí este valor adicional de IRC de 110 milhões. A ‘fatia’ é considerável se pensarmos que em 2012, o último ano de contas consolidadas, a empresa pagou na altura em IRC menos de um terço (28,1 milhões de euros) do valor agora em discussão.