Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Deco Alerta: Tenho um Volkswagen. Como posso saber se o meu carro foi afetado pelo escândalo?

Gtres
Gtres
Autor: Redação

O escândalo em torno da manipulação de emissões de gases nocivos em veículos da marca Volkswagen é o 77º tema da Deco Alerta. Destinada a todos os consumidores em Portugal, esta rubrica semanal é assegurada pela Deco - Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o idealista/news.

Envia a tua questão para a Deco, por email para gcabral@deco.pt ou por telefone para 00 351 21 371 02 20

O meu pai tem um carro de marca Volskwagen. Tenho acompanhado nas notícias o que se está a passar e gostava de saber como pode ele saber se o seu carro é um dos afetados por este esquema de manipulação de emissões de gases e o que vai acontecer no sentido de resolver o problema?  

O teu pai deve, antes de mais, e com a tua ajuda se for preciso, registar-se no site da Deco dedicado a este assunto (clica aqui), onde disponibilizamos um formulário online para os proprietários dos veículos afetados e onde já se registaram mais de 4.500 consumidores. Podes também consultar o site da própria marca, onde deve haver informação específica em função do modelo.

O que vai acontecer agora ainda não sabemos, uma vez que cerca de três meses após o conhecimento público do escândalo da manipulação das emissões poluentes, os consumidores nacionais e europeus continuam a aguardar uma solução justa para o seu problema, por parte da marca.

De facto, a Volkswagen ainda não esclareceu quando irá ser iniciado o processo de recolha dos veículos, por quanto tempo irá durar este processo, como irão os consumidores ser compensados pelos seus danos, se haverá efeitos fiscais decorrentes da eliminação do problema ou outros encargos futuros para os consumidores.

Por estas razões a Deco está a analisar este caso conjuntamente com outras associações europeias de consumidores, para evitar que se venha a verificar um tratamento desigual entre consumidores europeus e entre estes e os americanos.  

A Deco exige que as marcas, as autoridades públicas e a Comissão Europeia assumam as suas responsabilidades e apresentem soluções justas e equitativas que compensem devidamente os consumidores pelos danos causados e previnam situações futuras.