Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Câmara de Lisboa quer arrecadar mais 21 milhões com a venda de outros 12 imóveis

Autor: Redação

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) tem como objetivo conseguir um receita de 21 milhões de euros com a alienação de 12 imóveis camarários no início de 2015. A hasta pública está marcada para o próximo dia 22 de janeiro.  
 
Dos 12 imóveis, nove são frações de estacionamento em Lisboa no Largo da Boa Hora/Rua Ivens, exigidos pela autarquia como contrapartida do loteamento do imóvel, segundo escreve o Jornal de Negócios.

Com estas nove frações, a CML prevê encaixar 207 mil euros.

A maior fatia desta hasta pública resulta da alienação de um edifício devoluto de 35 mil metros quadrados na Avenida 24 de Julho, com valor de licitação de 20,4 milhões de euros. O portefólio termina com outros dois imóveis devolutos: um no Largo Rodrigues de Freitas (145 mil euros/185 m2); e outro na Rua de São Miguel (286,5 mil euros/148 m2).  
 
A hasta pública insere-se no âmbito de uma política camarária de alienação de ativos imóveis não estratégicos - até agora, a CML já conseguiu arrecadar cerca de 65 milhões de euros com as várias operações que levou a cabo.