Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Imóveis

Últimas notícias sobre "Imóveis" publicadas em idealista.pt/news

BCP quer vender malparado e resorts de luxo no Algarve por 145 milhões

Chegou ao mercado uma nova carteira de crédito malparado que inclui também imóveis no Algarve. Trata-se do designado “Projeto Green” pelo qual o BCP pede 145 milhões de euros.

Notícia sobre:

O património imobiliário do presidente do Benfica que foi parar ao Novo Banco

Depois de o grupo Promovalor, presidido por Luís Filipe Vieira, ter deixado um buraco no Novo Banco de 181 milhões de euros, foi transferida uma carteira de imóveis para o banco, cujo valor ascende aos 244,2 milhões de euros. Esta foi a avaliação realizada a 20 de um total de 23 ativos transferidos, em concreto, para o Fundo de Investimento Alternativo especial (FIAE) controlado em 96% pelo banco. Trata-se de ativos imobiliários distribuídos por Portugal, Espanha, Brasil e Moçambique.

Notícia sobre:

Preços dos imóveis comerciais aumentaram 1,9% em 2019

Os preços das propriedades comerciais aumentaram 1,9% em 2019, uma subida 3% inferior à verificada em 2018, revelou esta quarta-feira (27 de maio de 2020) o Instituto Nacional de Estatística (INE), salientando que fica interrompido “um período de dois anos consecutivos de aceleração dos preços”. 

Notícia sobre:

Madeira vai penalizar 232 prédios devolutos com IMI a triplicar

Em linha com o que outras autarquias estão a fazer - como a de Lisboa, por exemplo - a Câmara Municipal do Funchal decidiu penalizar os proprietários de imóveis devolutos, aplicando-lhes uma taxa de IMI agravada. Neste caso, foram idenficados 232 prédios prédios no município da capital da Madeira que serão sujeitos ao pagamento do triplo do valor dos imóveis em condições normais - sendo que atualmente o Funchal aplica a taxa mínima de IMI prevista na lei - 0,3% - para os prédios urbanos avaliados.

Notícia sobre:

PwC assessora Novo Banco na venda de imóveis de 500 milhões

A PricewaterouseCoopers (PwC) que, em 2017, auditou as contas do Novo Banco, vai agora assessorar a venda de imóveis avaliados em 500 milhões de euros. Em causa está a operação Viriato 2.

Notícia sobre: