Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Museus projetados por Siza Vieira e Souto Moura em Santo Tirso inaugurados em maio

Autor: Redação

As obras em curso em dois museus de Santo Tirso, que totalizam um investimento de 4,6 milhões de euros, são inauguradas a 21 de maio, sendo expetativa da câmara que “ajudem à projeção económica e cultural do concelho”. Em causa estão a sede do Museu Internacional de Escultura Contemporânea (MIEC), desenhada pelo arquiteto Siza Vieira, e o Museu Municipal Abade Pedrosa, da autoria de Souto Moura.

“A ideia é que potenciem ainda mais Santo Tirso na área cultural. A ideia é que todas estas iniciativas permitam uma promoção do município e a dinamização económica do município aos mais variados níveis, seja empresarial, turístico, ou simples lazer ou cultural”, disse o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Joaquim Couto, à Lusa.

O Museu Municipal Abade Pedrosa possui coleções de arqueologia e materiais provenientes de várias estações arqueológicas do concelho de Santo Tirso e da região envolvente, ora provenientes de trabalhos de escavação ora de achados fortuitos, cujo contexto arqueológico, em alguns casos, se desconhece.

Já o MIEC passou a ter, após o 10º Simpósio de Arte Pública que se realizou em outubro do ano passado, 54 obras espalhadas pelas praças e parques locais de Santo Tirso, num total de seis polos da cidade: parques de Geão, Rabada, Carvalhais, Dona Maria II e praças 25 de Abril e Camilo Castelo Branco.

De referir que as obras estão a ser realizadas no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte, cofinanciado pelo ON.2 – O Novo Norte a 85%, sendo que os restantes 15% são da responsabilidade da autarquia.