Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Ingleses e americanos querem investir na antiga Lisnave

Wikimedia commons
Wikimedia commons
Autor: Redação

Um grupo imobiliário inglês e outro norte-americano formalizaram a vontade de investir na cidade da água, um projeto imobiliário criado para os antigos estaleiros da Lisnave, em Almada, que juntamente com os parques empresariais do Barreiro e do Seixal integra a marca Lisbon South Bay, criada para a promoção internacional destes territórios geridos pela Baía do Tejo, empresa do universo Parpública.

A garantia foi dada por Jacinto Pereira, presidente do conselho de administração da Baía do Tejo. “Um grupo inglês e outro norte-americano, com atividade na área do imobiliário, manifestaram interesse formal, por carta, em investir na cidade da água”, disse o responsável no MIPIM, a maior feira imobiliária do mundo – decorreu em Cannes (França).

Segundo o Expresso, também está na corrida ao projeto um grupo chinês, havendo ainda abordagens vindas de investidores do Médio Oriente e Holanda, que quiseram saber mais sobre este plano.

Também o Programa Renda Acessível (PRA), lançado pela Câmara Municipal de Lisboa, está sob a mira de um grupo norte-americano, tendo ainda portugueses e europeus interessados no seu desenvolvimento, escreve a publicação.