Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Costa, o património de um primeiro-ministro que (também) investe no negócio imobiliário

Autor: Redação

O casal António Costa e Fernanda Tadeu tem vindo a realizar vários investimentos imobiliários nos últimos tempos. Já como primeiro-ministro, e num espaço de um ano (de abril de 2016 a 26 de abril de 2017), o socialista fez quatro transações que envolveram três casas. O negócio mais lucrativo foi a compra e venda de um andar em Lisboa, na rua do Sol ao Rato, perto da sede do PS. E é proprietário de vários imóveis. Apresentamos-te o património imobiliário do líder do Governo.

Toque de midas: comprar e vender pelo dobro

O apartamento do Sol ao Rato (na freguesia de Campo de Ourique) segundo as escrituras da operação citadas pelo Observador, foi adquirido por 55 mil euros no dia 26 de abril de 2016 e vendido a 3 de março de 2017 por 100 mil euros, quase o dobro.

“O imóvel da Rua do Sol ao Rato, com 40 m2 de área, foi adquirido pelo preço solicitado pela agência que o comercializava, a Remax, a mesma que no ano seguinte intermediou a sua venda equipada e mobilada, após pequenas obras de reparação. A respetiva mais valia foi declarada para efeitos da liquidação do IRS relativo a 2017″, diz António Costa ao jornal.

A subida de preço daquela casa não ficou por ali. O vizinho que comprou a casa do chefe do Governo voltou a vendê-la quatro meses depois, por 370 mil euros, a um cidadão francês. O primeiro andar (que Costa comprara por 55 mil euros) foi vendido por 117 mil euros; e o segundo andar, um triplex, por 250 mil.

E segundo um especialista imobiliário contactado pelo Observador, Costa poderia ter ganho muito mais com a venda: depois de ser reabilitada “a casa podia valer 160 mil euros e agora, em 2018, até conseguia vendê-la por 200 mil euros”.

O senhorio Costa

Outro negócio imobiliário feito pelo socialista corresponde à compra de um apartamento na Estrada do Desvio, freguesia de Santa Clara, em Lisboa, por 100 mil euros. O vendedor estava na posse da casa desde o ano 2000 e vendeu-o em 2017 ao casal Costa, que agora o tem arrendado.

"[A] fração da Rua do Desvio foi objeto de arrendamento, em setembro último, pela renda mensal de 550 euros, o que também consta da declaração de IRS.", adiantou o governante ao jornal.

Por outro lado, Costa comunicou ao Tribunal Constitucional a venda de um imóvel na rua da Paiã, em Odivelas, por 47 mil euros. O casal Costa tinha comprado esta casa a 18 de dezembro de 1991 e decidiu vendê-la à a Vasques & Nabais (que se dedica à construção, reconstrução, compra e venda e revenda e arrendamento de bens imóveis) quase 25 anos depois, a 21 de outubro de 2016.

Vive em Sintra, vai de férias para o Algarve

Costa é ainda proprietário de uma casa na Urbanização Vilas Catarina, em Fontanelas, Sintra — que corresponde à residência da família Costa, bem como de um apartamento na Penha de França, em Lisboa, segundo a última declaração de rendimentos entregue no Tribunal Constitucional.

Além disso, é dono de um apartamento no Algarve, na freguesia do Carvoeiro, no concelho de Lagoa e de um imóvel em Margão, Goa, na Índia - onde nasceu o pai do primeiro-ministro, Orlando Costa.