Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Imóveis e terrenos agrícolas despertam interesse de investidores

CBRE cria área de negócio para responder a esta tendência de procura. Em Portugal, já tem um mandato de comercialização de um terreno agrícola com armazém, em Beja.

Photo by Michael Bourgault on Unsplash
Photo by Michael Bourgault on Unsplash
Autor: Redação

A CBRE Portugal vai alargar o espectro da sua atividade, centrada sobretudo na consultoria imobiliária, com a criação de uma nova linha de negócio dedicada ao setor agrícola – a CBRE Agribusiness. Através deste novo serviço, pretende dar resposta às necessidades de proprietários e investidores em imóveis e terrenos agrícolas, uma tipologia de ativos com grande expressão em Portugal.

Em países como a Austrália e os EUA, a CBRE tem uma grande carteira de investidores internacionais nesta área de negócio, e decidiu expandir a atividade para a Europa. A equipa europeia da Agribusiness começou a operar em janeiro de 2020 em Espanha, Itália e Portugal, e “tem registado enorme interesse por parte de alguns dos principais produtores alimentares, somando já mandatos que ascendem aos duzentos e quarenta milhões de euros”, lê-se no comunicado da consultora, enviado às redações.

CBRE
CBRE

Jack Svoronos, responsável pela nova linha de negócio explica que, tal como a Ásia depende da produção da Austrália em produtos alimentares de qualidade, “França, Espanha, Itália e Portugal produzem bens alimentares para 500 milhões de pessoas na Europa pelo que continuarão a ter um papel fundamental com a sua capacidade produtiva e verão durante os próximos 5 anos um aumento do investimento em ativos agrícolas estratégicos”. Em Portugal, de resto, conta já com um mandato de comercialização de um terreno agrícola com armazém, em Beja, com 6.000 metros quadrados (m2).

O diretor geral da CBRE Portugal, Francisco Horta e Costa, refere que o país “conta com uma relevante e diversificada extensão rural, trazendo desafios acrescidos a investidores e proprietários que não encontram, atualmente, um apoio especializado”. Com este novo serviço, a consultora conseguirá, garante, “acompanhar as necessidades apresentadas, de apoio especializado aos proprietários agrícolas, quer particulares quer institucionais, na prestação de um alto nível de serviço em avaliação, consultoria e transação a investidores e proprietários de qualquer terreno agrícola.”