Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Vistos gold: OptylonKrea lança fundo de 150 milhões para investir em ‘branded residences'

Segundo a empresa, o mercado de ‘branded residences’ cresceu 236% nos últimos 10 anos e deverá manter uma expansão continuada também em Portugal.

'Lisbon Square' (Prima Collection) em Alcântara / Créditos: https://www.lisbonsquare.com/
'Lisbon Square' (Prima Collection) em Alcântara / Créditos: https://www.lisbonsquare.com/
Autor: Redação

A OptylonKrea, empresa de promoção imobiliária e gestão de investimentos, vai lançar um novo fundo de 150 milhões de euros – o Prima Europe Fund – direcionado a investidores que procuram beneficiar do regime de Autorização de Residência para Atividade de Investimento (ARI), os chamados vistos gold, através do investimento nas ‘branded residences’ Prima Collection.

Segundo a empresa, o mercado de ‘branded residences’ (unidades residenciais pertencentes a uma marca de alojamento) cresceu 236% nos últimos 10 anos e deverá manter uma expansão continuada ao longo da próxima década, com o impulso de grandes projetos em países como Portugal, Espanha e Turquia.

A OptylonKrea, presente desde 2015 em Portugal e ‘Fund Advisor’ em três fundos de investimento de acesso a vistos gold, identifica grandes oportunidades no contexto de retoma económica pós-Covid e aponta Portugal como um dos países que mais irá beneficiar das mudanças motivadas pela crise pandémica, tanto na forma de trabalhar como de viajar.

“Acreditamos que o número de nómadas está a aumentar em todo o mundo, pessoas que não estão ligadas a um local específico, mas a valores comuns. Por isso, decidimos reposicionar a nossa marca, para servir os viajantes, bem como os expatriados e os locais que procuram juntar o coliving e o coworking”, refere William Tonnard, presidente e COO da OptylonKrea, joint venture entre a turca Krea e a portuguesa fundada por franceses Optylon Capital, citado no comunicado enviado às redações.

As taxas de ocupação das residências Prima Collection em Lisboa atingiram 78,56% em 2020, o que compara com uma taxa de cerca de 21% nos hotéis.

Prima Collection, “um novo género de coliving”

A OptylonKrea decidiu redefinir a sua marca Prima Collection, nascida em Lisboa, e adaptá-la às novas especificidades do mercado, ao mesmo tempo que prepara a expansão para outros destinos mediterrânicos, com o objetivo de chegar até 25 novas localizações nos próximos cinco anos. As residências Prima Collection definem-se como “um novo género no coliving” que cruza o lifestyle característico das ‘branded residences’ com um contacto local e cultural. A marca, reposicionada sob a consultoria da Servotel, está agora a ser redesenhada.

“O segmento de ‘branded residence’ demonstrou estar bem preparado para responder às preferências dos clientes pós-Covid em mercados voltados para o turismo. Nesta nova era, os segmentos ‘upscale’ e ‘midscale’ vão superar o até agora dominante segmento de luxo, num contexto de democratização do mercado causada por uma procura crescente por produtos de luxo mais acessíveis e de 4 estrelas voltados para a geração Y (Millennials – nascidos entre 1980 e 1995) e famílias”, sublinha a empresa.  

Em termos de localização, de acordo com a um OptylonKrea, um dos fatores que pesa na preferência dos consumidores relaciona-se com o regime de atribuição de residência e cidadania através de investimento, “que tem registado um forte crescimento nos principais países do Mediterrâneo (Portugal, Grécia, Espanha e Turquia) nos últimos oito anos, com o seu peso a crescer dez vezes para atingir 20% do mercado global”.

“No caso do programa português de vistos gold, a classe imobiliário tem estado em constante evolução desde 2013, embora tenhamos assistido a uma tendência crescente para investimentos de menor dimensão – opções de 350 mil euros em imóveis e fundos de capital de risco nos últimos 2-3 anos”, comenta Hakan Kodal, chairman da OptylonKrea. Ainda assim, o responsável acredita ainda que com as próximas mudanças regulatórias nas classes de ativos elegíveis do programa de vistos gold e requisitos mínimos de investimento, “as branded residences ganharão definitivamente mais tração no mercado”.