Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Interesse nos vistos gold cresce a poucos meses da entrada em vigor das novas regras

A partir de janeiro de 2022, os investidores imobiliários de fora da UE que invistam no litoral e nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto deixarão de ter acesso ao visto.

Interesse nos vistos gold cresce
Imagem de cytis por Pixabay
Autor: Redação

A procura por vistos gold – Autorizações de Residência para Investimento (ARI), na sua designação oficial – está a acelerar, uma tendência que se deve manter nos próximos meses, tendo em conta que em janeiro de 2022 os investidores imobiliários estrangeiros (de fora da União Europeia) que invistam no litoral e nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto deixarão de ter acesso ao precioso Golden Visa. 

Um cenário, de resto, comprovado pela mediadora imobiliária de luxo Portugal Sotheby’s Realty, que lançou, em março, uma campanha internacional (“Last call for Golden Visa”) para aproveitar os últimos meses de vistos gold. Campanha essa que está a ser um sucesso, revelou Miguel Poisson, diretor da empresa em Portugal.

“Temos centenas de investidores que manifestaram interesse no programa. Lisboa, Porto, Algarve e Madeira são as regiões onde sentimos maior procura”, disse o responsável, citado pelo Jornal de Negócios.

De acordo com Miguel Poisson, as novas regras que entrarão em vigor em janeiro de 2021 poderão “matar o programa”. “As pessoas investem onde querem e muitas querem Lisboa e Porto. Muitos investidores já nos disseram que não estão dispostos a ir para o interior”, acrescentou.

De referir que nos primeiros quatro meses do ano foram concedidos 326 vistos gold, num investimento total de 173 milhões de euros, mais 25% e 17%, respetivamente, que em igual período de 2020. 

Fica a saber o que vai mudar a partir de janeiro de 2022 no programa de vistos gold neste link. Se clicares aqui apresentamos-te um guia para continuar a investir e beneficiar do regime em Portugal.