Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Deco Alerta: estas dicas ajudam (muito) a baixar a fatura da eletricidade

Parul Gupta/Unsplash
Parul Gupta/Unsplash
Autor: Redação

A fatura da eletricidade é uma das mais “pesadas” para os contribuintes. Mas há pequenos truques que podem ajudar a baixar a mensalidade a pagar pelo consumo de energia em casa. Este é o tema do artigo de hoje da rubrica semanal Deco Alerta, assegurada pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o idealista/news.

Envia a tua questão para a Deco, por email para decolx@deco.pt ou por telefone para 00 351 21 371 02 20.

Quando recebo a fatura da eletricidade fico sempre surpreendido com o valor que pago e com todas as taxas e imposto que aparecem na fatura. Mas a que corresponde realmente o valor que pago? 

Esta semana, no dia 29 de maio, comemora-se o Dia Mundial da Energia, pelo que a tua pergunta é mesmo adequada. Tal como referes, quando recebemos a fatura de eletricidade, nem sempre temos boas notícias e o nosso primeiro impulso é verificar o valor a pagar e a data até quando temos de o fazer.

Respondendo à tua dúvida, informamos que o valor da fatura de eletricidade inclui o preço da eletricidade consumida, os custos com a potência contratada, as taxas e impostos, e outros serviços que tenhas contratados. 

Assim, ao reduzires o teu consumo de eletricidade lá de casa irás pagar menos, mas existem outras mudanças que podes fazer e que poderão ter impacto na fatura. Reduzir, por exemplo, a potência contratada, pois, quanto mais baixa for a potência menor será o valor a pagar, ou escolheres uma tarifa que melhor se ajuste aos teus horários de consumo, uma vez que existem tarifas em que pagas um valor mais baixo pela eletricidade, consoante os horários. Podes consultar o nosso site FATURA AMIGA que ajuda a descomplicar a leitura da fatura da energia.

Neste projeto temos várias dicas de poupança de energia. São pequenos gestos que reduzem o consumo de energia, os impactos no ambiente e consequentemente pagarás menos na fatura da energia.

Referimo-nos a medidas facilmente concretizáveis, como sejam a escolha dos equipamentos energeticamente eficientes e a utilização de sistemas de energia renováveis para o aquecimento de águas sanitárias, ou a opção de compra de lâmpadas eficientes, como as LED, ou ainda a preferência pelos equipamentos eletrónicos com o rótulo ecológico europeu, que têm um menor consumo de energia durante o uso e em stand-by.

Utilizar um simulador para avaliar se tens o tarifário adequado ao teu consumo de eletricidade é outra estratégia de poupança que poderás utilizar. Existem vários comercializadores e tarifas de eletricidade por onde pode escolher. Simular para encontrar o tarifário mais adequado é uma solução mais eficaz. Podes usar o nosso simulador que te ajudará a fazer esta escolha, apresentando a estimativa da fatura anual do consumo de energia elétrica (e/ou gás natural). Os preços apresentados incluem taxas, serviços e impostos, como o IVA, consoante a tua localização geográfica.