Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Eletricidade em Portugal é a mais cara da UE

Eurostat
Eurostat
Autor: Redação

O valor que os portugueses pagam pela eletricidade aumentou menos que na média europeia no segundo semestre de 2018, mas Portugal lidera o ranking dos países da União Europeia (UE) onde os preços são os mais elevados, quando ajustados pelo poder de compra.

Segundo dados do Eurostat, entre julho e dezembro do ano passado, os consumidores domésticos em Portugal pagaram 22,9 euros por kWh de eletricidade, um aumento 2,8% superior ao do período homólogo mas que é inferior, ainda assim, ao aumento médio verificado na UE (3,5%).

Certo é que Portugal surge no topo da lista dos países onde a eletricidade é mas cara, encontrando-se na 6ª posição, apenas atrás de Dinamarca, Alemanha, Bélgica, Irlanda e Espanha, por esta ordem.

Quando os preços são ajustados ao poder de compra em cada país, Portugal surge mesmo como o país onde a eletricidade é mais cara. Medida em PPS (purchasing power standards, que permite eliminar as diferenças de preços entre os diversos países), a eletricidade em Portugal custa 28,2 unidades, o nível mais elevado entre todos os países da UE e que compara com a média de 21,1.