Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Trabalhar 4 dias por semana aumentou a produtividade desta empresa

rawpixel/Unsplash
rawpixel/Unsplash
Autor: Redação

Trabalhar quatro dias por semana e continuar a ser produtivo é possível. Uma empresa da Nova Zelândia, a Perpetual Guardian, passou da teoria à prática e implementou este modelo. O resultado não poderia ter sido mais positivo: o equilíbrio entre a vida familiar e profissional dos funcionários aumentou, tal como a sua produtividade.

O projeto piloto aconteceu em março do ano passado, mas em novembro a empresa decidiu implementar o sistema de forma definitiva. Os 240 funcionários passaram a trabalhar 4 dias, folgando outros 3, sem ter de fazer horas extraordinárias e com o mesmo salário. Os resultados foram um sucesso absoluto.

O estudo, monitorizado por investigadores da Universidade de Auckland, mostra que a produtividade dos trabalhadores aumentou 20%. Já o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional também cresceu: passou de 54% em 2017 para 78% em 2018. O stress, por outro lado, baixou, e passou de 45% em 2017 para 38% em 2018.

O fundador da empresa, Andrew Barnes, disse que a decisão de testar e implementar  a nova maneira de trabalhar era "a coisa certa a fazer". “Queremos que as pessoas estejam bem no escritório, mas também em casa. É a solução natural”, disse.