Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Semana da Reabilitação Urbana arranca hoje e promete agitar Lisboa

Primeiro-ministro António Costa estará na sessão de inauguração do evento. / Gtres
Primeiro-ministro António Costa estará na sessão de inauguração do evento. / Gtres
Autor: Redação

A Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa entrou definitivamente na agenda do setor imobiliário. A edição deste ano, a quarta, arranca hoje (dia 27) à tarde (15 horas) e termina domingo (2 de abril), realizando-se no renovado Teatro Capitólio, no Parque Mayer. O primeiro-ministro António Costa e o presidente da Câmara Municipal de Lisboa Fernando Medina estarão presentes na sessão de inauguração. Haverá ao longo da semana nove conferências, workshops técnicos, um leilão de imóveis públicos, exposições e um atelier de arquitetura para crianças, entre outros eventos. A entrada é gratuita.

A organização do evento, a cargo da Vida Imobiliária e da Promevi – o idealista é o portal oficial – “promete uma agenda animada de eventos em torno da reabilitação urbana a pensar em todos os stakeholders nesta área, desde os utilizadores e utentes – sejam residentes ou turistas da cidade – aos profissionais, académicos, entidades públicas e associações”.

A primeira conferência realiza-se já esta segunda-feira e tem como tema “Desafios de uma legislatura para a reabilitação urbana”. Seguem-se, ao longo da semana, as seguintes conferências: “A Integração do BIM na Reabilitação Urbana”, “O impacto da lei do arrendamento no renascimento do centro de Lisboa – Um balanço de 10 anos”, “Inovação na reabilitação do Património”, “Reabilitar com uma perspetiva social”, “O desafio da eficiência energética na reabilitação”, “Reabilitação urbana e habitat – Contributos para edifícios confortáveis e sustentáveis”, “Reabilitação estrutural de edifícios” e “Qual o melhor negócio na reabilitação urbana?”. Clica neste link para consultares o programa.

Vencedores dos prémios de reabilitação conhecidos dia 29

De destacar ainda a cerimónia de entrega do Prémio Nacional da Reabilitação Urbana, que decorrerá no antigo Museu dos Coches em Belém, dia 29 de março. “As expetativas estão em alta, numa edição que recebeu um número recorde de 81 candidaturas oriundas de 22 concelhos de todo o país, incluindo da Madeira e dos Açores, num crescimento de cerca de 40% face à edição anterior quer em volume de projetos que concorrem quer em abrangência geográfica”, refere a organização.

DGTF leva a leilão 13 prédios

Outro evento a ter em conta durante a Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa é o leilão de imóveis público, uma iniciativa que se realiza pelo segundo ano consecutivo durante o evento. O leilão em causa, a cargo da Direção-Geral do Tesouro e Finanças (DGTF), decorre dia 31 de março – às 15h00 no Hotel Lisboa Plaza, localizado junto ao Parque Mayer – e contempla um lote de 13 prédios no centro de Lisboa detidos pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central. O valor base de licitação é de 7,6 milhões de euros.

Capitólio no centro das atenções

O cineteatro Capitólio estará no centro das atenções na edição deste ano da Semana da Reabilitação de Lisboa. O espaço foi reaberto em novembro passado, após uma intensa recuperação liderada pela autarquia e que honrou a sua estética original, datada de 1929. O projeto tem a assinatura do arquiteto Luís Cristino da Silva. Depois de ter encerrado na década de 1990, reabriu no final do ano passado rebatizado de Teatro Raúl Solnado, estando a sua gestão a cargo da EGEAC, empresa municipal responsável pela gestão de equipamentos e animação cultural. É o primeiro equipamento cultural do histórico cluster de espetáculos Parque Mayer a ser integralmente renovado.