Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Construção abrandou em novembro mas continua a crescer em termos homólogos

Autor: Redação

O índice de produção na construção registou em novembro uma taxa de variação homóloga de 2,6%, ligeiramente inferior à verificada em outubro (2,7%), revelou esta terça-feira (dia 9) o Instituto Nacional de Estatística (INE).

“O segmento da Engenharia Civil contribuiu com 1,9% para a variação agregada, ao crescer 4,8% (4,9% no mês anterior). O índice da Construção de Edifícios apresentou um aumento idêntico ao observado no mês anterior (1,2%) e representou um contributo de 0,7% para o total”, lê-se no comunicado da entidade.

INE
INE

No que diz respeito ao índice de emprego, “registou uma variação homóloga de 2,5% (2,8% em outubro)”. “Face ao mês anterior, o índice de emprego teve uma taxa de variação de 0,6% (0,9% em novembro de 2016)”, concluiu o INE.

Já o índice das remunerações efetivamente pagas registou, em novembro, uma taxa de variação homóloga de 3,8%, inferior à verificada em outubro (4,1%). “Comparativamente com o mês anterior, o índice das remunerações aumentou 17,3% em novembro (17,6% no mesmo mês de 2016), refletindo o habitual concentração do pagamento de subsídio de Natal neste mês”, explicou o organismo.