Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Mais de 39.400 casas entraram em processo de licenciamento em 2018

Autor: Redação

Mais de 17 mil projetos residenciais em Portugal entraram em processo de licenciamento no ano passado, representando o lançamento de cerca de 39.400 fogos, segundo os dados mais recentes da Confidencial Imobiliário (Ci). Os resultados mostram que o investimento na promoção de habitação continuou a “avolumar-se” em 2018, apresentando um crescimento anual de 28% no número de fogos em carteira e de 22% no número de projetos.

Os quatro concelhos com mais de 1.000 fogos em carteira foram Lisboa (mais de 4.100 unidades), Porto (cerca de 2.750 fogos), Braga (mais de 1.250 fogos) e Gaia (pouco mais de 1.000). Segundo os dados da Ci, apenas Lisboa e Porto atingiam esse patamar em 2017. Já o número de concelhos com carteiras de 500 a 1.000 fogos também “aumentou bastante”.

A construção nova foi o principal motor do crescimento do 'pipeline' em 2018, com os 31.525 fogos registados neste tipo de obra a aumentarem 31% face ao volume de 2017. “Tal evolução levou a que a obra nova reforçasse a sua predominância em número de unidades projetadas, passando de 78% em 2017 para 80% em 2018”, lê-se no comunicado da Ci.

Já a reabilitação, que gerou 20% dos fogos (7.898 unidades), apresentou um crescimento de 19% num ano. Em número de projetos, o peso da construção nova manteve-se praticamente idêntico nos 81%, ou seja, 13.842 projetos, contra 3.195 projetos de reabilitação.