Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Universidade de Lisboa com “luz verde” para reconverter cantina em residência de estudantes

O Governo autorizou a Universidade de Lisboa a contrair o empréstimo para financiamento da empreitada, através do Programa IFRRU 2020.

Photo by Scott Webb on Unsplash
Photo by Scott Webb on Unsplash
Autor: Redação

O Governo deu “luz verde” ao pedido de empréstimo que a Universidade de Lisboa quer fazer para financiar a reconversão de uma antiga cantina na zona de Entrecampos numa residência de estudantes. O montante máximo de financiamento para a empreitada, ao abrigo do programa Instrumento Financeiro para a Reabilitação e Reconversão Urbana (IFRRU 2020), é de 6,1 milhões de euros.

O objetivo, segundo a resolução do Conselho de Ministros, publicada em Diário da República, é construir 1.500 camas até 2023. O documento determina que os encargos financeiros serão “suportados por verbas inscritas e a inscrever no orçamento da Universidade de Lisboa, estando assegurada a respetiva cobertura orçamental por receitas próprias”.

Para 2019, a despesa autorizada é de até 12 mil euros, para 2020 de até 34 mil euros, e 2021 de até 557 mil euros (isentos de IVA).