Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Convento da Cartuxa em Oeiras vai ser recuperado: obras de restauro custam mais de 7 milhões

Autarquia chegou a acordo com o Estado para a cedência do antigo edifício por um período de 42 anos.

GualdimG/Wikimedia Commons CC-BY-SA-4.0
GualdimG/Wikimedia Commons CC-BY-SA-4.0
Autor: Redação

O Convento da Cartuxa, em Oeiras, vai ser recuperado. A autarquia anunciou que chegou a acordo com o Estado para a cedência do antigo edifício por um período de 42 anos, e que “está a um passo” de assinar o protocolo com a Direção-Geral do Tesouro e Finanças para começar a “salvaguarda deste património histórico e cultural, criando condições para o seu usufruto público”. Obras de restauro vão custar mais de 7 milhões de euros.

Em comunicado, a Câmara de Oeiras refere que, após vários anos em que tem manifestado, “reiterada e sucessivamente”, a sua preocupação pelo estado de degradação e abandono em que se encontra o conjunto edificado da Igreja, Convento da Cartuxa e construções dependentes, bem como das suas áreas verdes, “finalmente a Direção Geral do Tesouro e Finanças (DGTF) homologou as condições de cedência de utilização deste património ao Município, ao abrigo do Regime Jurídico do Património Imobiliário Público”.

Como contrapartida desta cedência, a autarquia compromete-se a realizar, ao longo de 10 anos, obras de requalificação e restauro. O investimento será de 7.120.000 euros.