Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

andré jordan quer que empresas imobiliárias e turísticas reestruturem dívidas à banca

quinta do lago, empreendimento turístico de luxo no algarve
Autor: Redação

o empresário andré jordan, promotor da quinta do lago e de vilamoura, considerou que é urgente que as empresas imobiliárias e turísticas portuguesas reestruturem as suas dívidas à banca, que ascendem a 50 mil milhões de euros. "para sermos positivos temos de ser realistas", disse, citado pelo diário de notícias (dn). o responsável frisou que "os promotores têm de se unir para se reestruturar e criar financiamento, criando-se passivo vivo dentro do investimento"

de acordo com o empresário, a forma de ir buscar esses 50 mil milhões de euros, em dívida sobretudo a instituições financeiras, passa por "reinstalar os [turistas] que vivem no norte da europa". "não sou um entusiasta de novos projectos, mas de dar utilidade aos que já existem", salientou andré jordan, em declarações ao dn