Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Sonae Sierra está a ter menos lucro com shoppings

Autor: Redação

A operar em 13 países na área do retalho imobiliário, a Sonae Sierra chegou a setembro com uma quebra de 2% nos lucros, passando de 94,8 milhões de euros para 92,6 milhões. A empresa de origem portuguesa explica este resultado com um menor valor criado nas propriedades de investimento, consequência da menor compressão das yields na Europa.

A Sonae Sierra é proprietária de 45 centros Comerciais com um valor de mercado de 6 mil milhões de euros, gere e/ou comercializa 81 shoppings com uma área bruta locável de 2,3 milhões de m2 e cerca de 9000 lojistas. Atualmente, a Sonae Sierra tem 9 projetos em desenvolvimento, incluindo quatro para clientes, e outros dez novos projetos em carteira.

Em termos operacionais, segunco conta a empresa em comunicado, os ativos registaram nos primeiros nove meses deste ano um bom desempenho no que respeita às vendas dos lojistas e à taxa de ocupação.

As vendas dos lojistas na Europa aumentaram 3,3% numa base comparável com o mesmo período de 2015, destacando-se um crescimento de 15,8% na Roménia, 10% em Espanha e 3% em Portugal. No mercado brasileiro, as vendas continuam estáveis, com uma ligeira subida de 0,4% (em Reais, numa base comparável).

O CEO da Sonae Sierra, Fernando Guedes de Oliveira, afirma que “os primeiros nove meses evidenciam resultados operacionais estáveis e um aumento global das vendas dos lojistas, da taxa de ocupação e das rendas".