Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Gabinete de Manuel Salgado renovado semanas antes do vereador anunciar saída da CML

CML
CML
Autor: Redação

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) adquiriu mobiliário novo para o gabinete do vereador do Urbanismo por 11,4 mil euros, mais IVA, menos de um mês antes de Manuel Salgado anunciar que iria sair. A autarquia adianta que os novos móveis ficarão afetos ao gabinete de outros vereadores.

O contrato publicado no portal Base, assinado entre a diretora municipal de Manutenção e Conservação da CML e a empresa B5 - Design, Lda, não especifica o mobiliário em causa, escreve o Jornal de Negócios.

Segundo a publicação, esta aquisição aconteceu a 16 de julho, pouco tempo antes de se saber que Manuel Salgado estava de saída do cargo de vereador do Urbanismo – abandona o cargo no final deste mês de agosto e para o seu lugar entra Ricardo Veludo, coordenador da equipa de missão do Programa Renda Acessível (PRA).

Fonte oficial da autarquia adianta que a decisão de aquisição do novo mobiliário “insere-se no âmbito de outras aquisições de mobiliário que a CML fez para espaços municipais”. “Este mobiliário destina-se a suprir necessidades, e está afeto ao gabinete do vereador com os pelouros das Obras, Urbanismo e Património, que neste momento é o vereador Manuel Salgado (…). Quando houver mudança do titular destes pelouros, o mobiliário continuará afeto a um gabinete de vereação”, acrescentou.

Baseando-se no Portal Base, a publicação revela ainda que foi celebrado em abril outro contrato também para mobiliário, neste caso a sala dos vereadores, no edifício dos Paços do Concelho.