Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Pagar a renda do escritório ou armazém com criptomoedas? Sim, em Matosinhos

Na Sarcol, um centro empresarial localizado em Matosinhos, as moedas digitais são uma das formas de pagamento disponíveis.

Pagar a renda do escritório ou armazém com criptomoedas
Foto de RODNAE Productions no Pexels
Autor: Redação

A “moda” de pagar a renda de escritórios, armazéns, cowork ou salas de reuniões com criptomoedas também já chegou a Portugal. Na Sarcol, um centro empresarial localizado em Matosinhos, onde já estão instaladas mais de 80 empresas, as moedas digitais são uma das formas de pagamento disponíveis.

Atualmente, a Sarcol tem apenas um cliente a realizar os pagamentos das rendas com criptomoedas, o fundo de gestão Triumviratus Capital, mas “não tem dúvidas” de que o número de utilizadores está a crescer.

“No núcleo empresarial Sarcol promovemos o networking entre os vários residentes e o cross selling entre todas as empresas. Nesse contexto, com o apoio de uma empresa aqui residente, a Triumviratus Capital, decidimos recentemente abrir mais este veículo para facilitar os pagamentos das rendas, através do uso de criptomoedas”, explica Alexandra Magalhães, em entrevista à publicação.

“É simples e rápido do ponto de vista operacional, e permite-nos ir criando a nossa carteira crypto a qual, bem gerida, poderá valorizar-se”, comenta a responsável.