Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

lisboa: be propõe construção de “casa da música” no parque mayer

bloquistas querem que o parque mayer regresse à posse da câmara municipal de lisboa
Autor: Redação

joão semedo, candidato do bloco de esquerda (be) à câmara municipal de lisboa (cml) nas eleições autárquicas de 29 de setembro, propôs a construção de uma “casa da música” no parque mayer, recusando a ideia de que uma “solução financeira” para o espaço possa prejudicar o interesse da cidade. segundo o responsável, o plano de pormenor do parque mayer deve ser revisto para incluir a “casa da música”

“lisboa esqueceu a canção, lisboa não é só fado. os cantores têm hoje muita dificuldade em encontrar um sítio onde possam apresentar os seus espectáculos”, referiu joão semedo, numa visita ao local, que está dominado pelas obras de reabilitação do antigo teatro capitólio e ocupado por um parque de estacionamento

citado pelo público, o candidato bloquista defendeu que o espaço, a construir de raiz, deveria ter capacidade para 500 a 600 espectadores e uma utilização polivalente, destinando-se a “vários tipos de música”. “[deveria ainda ter] escolas, formação, ateliês, biblioteca, venda de livros e de cd”, frisou, salientado que tal situação “contribuiria para a viabilidade” do local

joão semedo considerou que para executar esta proposta, o parque mayer, “uma zona nobre e com muitas tradições na cidade”, deve regressar à posse da cml. um tema que está a ser decidido em tribunal, num diferendo que opõe a autarquia à bragaparques, antiga detentora dos terrenos

notícia relacionada

plano de pormenor do parque mayer aprovado