Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Construção: volume de negócios no exterior aumentou 7% num ano

Autor: Redação

Em 2013, o setor da construção registou um volume de negócios no exterior na ordem dos 5,3 mil milhões de euros, mais 7% que no ano anterior, tendo garantido fora do país uma carteira de encomendas a rondar os sete mil milhões de euros. Os números foram divulgados pela Associação de Empresas de Construção e Obras Públicas e Serviços (AECOPS) e constam no nº 4 de “Cadernos da Internacionalização”, uma publicação lançada pela entidade em 2012.

Em comunicado, a AECOPS revela que o volume de negócios no exterior mais que triplicou entre 2006 e 2013 e que a faturação neste campo tem aumentado em  média 18% por ano. “Já o trabalho assegurado, ao atingir uma variação de 53% face a 2012, aponta para perspetivas bastante favoráveis para 2014 e 2015”, refere a associação.

De acordo com o documento, o peso da atividade no exterior tem vindo a subir, sendo que, em 2013, “os trabalhos de construção além-fronteiras representaram cerca de 44% do total da produção do setor no mercado interno e, somando a faturação no exterior e em Portugal, 31% volume de negócios global do mesmo”.

Em 2013, só na Europa, “estiveram ao serviço das construtoras nacionais cerca de 50 mil trabalhadores portugueses da construção”, conclui a AECOPS. 

De referir ainda que Angola, Malawi, Venezuela, Peru, México e Brasil são os países onde há mais portugueses a trabalhar no setor da construção.