Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Coimbra: Mosteiro de Santa Clara-a-Velha fechado nos próximos meses

Autor: Redação

O Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, em Coimbra, vai estar fechado pelo menos durante os próximos três, quatro meses. As cheias das últimas semanas inundaram o monumento, tendo o seu interior ficado muito danificado.

“A partir de amanhã [terça-feira, dia 19] reabrimos o Centro Interpretativo do Mosteiro, é uma zona nova que foi reconstruída em 2009. Toda a parte do Mosteiro e da igreja ficará interdita até que seja retirada toda a água, contabilizados os estragos e depois de fazer a devida recuperação. Pelo menos três a quatro meses ou cinco ou seis, não sei dizer exatamente como é que o Mosteiro está no interior”, disse a diretora Regional da Cultura do Centro, Celeste Amaro, em declarações à TSF.

Segundo a responsável, os prejuízos ascendem, num primeiro balanço, a várias centenas de milhares de euros. “Um cálculo muito por alto feito pelos técnicos da direção geral aproxima os prejuízos dos 400 mil euros. Mas tendo em linha de conta a parte de madeiras, que tem que ser substituída, a parte de conservação e restauro de cerâmica e azulejo... Os cálculos vão entre 400 a 450 mil euros”, adiantou.

Este ano comemoram-se os 700 anos do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, que foi reaberto em 2009 após uma intervenção que custou cerca de 16 milhões de euros.

Mosteiro de Santa Clara-a-Velha antes das cheias

Wikimedia commons
Wikimedia commons

Mosteiro de Santa Clara-a-Velha depois das cheias

Foto: TSF

Foto: TSF