Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Preços das casas devem crescer 5% ao ano até 2019

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Sim, comprar casa está mais caro. E a tendência deve manter-se nos próximos tempos. Esta é, pelo menos, a previsão da agência de notação financeira Fitch, que estima que os preços das casas em Portugal subam cerca de 5% em 2018 e 2019.

Segundo a Lusa, que cita um relatório divulgado pela Fitch, a moderação do crescimento é justificada pela oferta limitada de imóveis e pela procura mais confiante, sustentadas por um melhor contexto macroeconómico.

As maiores subidas devem ocorrer em Lisboa, Porto e na região do Algarve, “locais com mercados de trabalho mais fortes que outras regiões e que são influenciados por investidores imobiliários corporativos que visam capitalizar as oportunidades de mercado”, refere agência de notação.

No relatório recorda-se que a recuperação de preços se tem consolidado com subidas de 4% a 5% por ano desde o final de 2015, “apoiadas por uma melhoria da perspetiva macroeconómica, confiança do consumidor e oferta limitada de imóveis”.

A Fitch referiu que, apesar da construção “continuar frágil, a recuperação está a começar”. “Por exemplo, a contagem anual de licenciamento de novas casas cresceu 30% a partir do segundo trimestre de 2017, apesar desse valor representar apenas 25% do valor máximo desde 2006/2007”, lê-se no relatório.