Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

... E socialistas retiram-na do grupo de trabalho

Autor: Redação

O PS decidiu retirar Helena Roseta do grupo de trabalho da habitação, horas depois de deputada ter anunciado a demissão do lugar de coordenadora desse mesmo grupo. Roseta diz que só pode “acatar a decisão”, garantindo que da sua parte “não se altera nada” e que vai continuar a prosseguir os trabalhos.

A decisão foi comunicada a Helena Roseta por e-mail, assinado pelo chefe de gabinete do grupo parlamentar, enviado às 00h41 desta quarta-feira, menos de 24 horas depois da deputada independente do PS ter apresentado a demissão de coordenadora do grupo de trabalho, depois das votações indiciárias sobre as novas regras da habitação terem sido adiadas pela terceira vez, a pedido do PS.

"Não afeta a minha vontade de trabalhar"

“É uma atitude que a direção do grupo parlamentar pode sempre tomar, portanto, não há mais comentários a fazer. Eu desvalorizo isso, porque isso não afeta a minha vontade de trabalhar”, disse Helena Roseta, à Lusa.

“Têm legitimidade para o fazer, não afeta a minha disponibilidade para continuar a lutar por esta causa. Há uma expetativa muito grande, há muitas pessoas à espera que nós cheguemos a resultados, eu quero obter resultados e lutarei até consegui-los”, defendeu ainda a deputada independente eleita nas listas do PS.

 "Só posso acatar porque é à direção do grupo parlamentar que cabe indicar os deputados que integram os grupos de trabalho", acrescentou ainda ao Jornal de Negócios. Na prática, Helena Roseta poderá continuar a colaborar com com o PS, com o grupo de trabalho, e assistir a todas as reuniões, só não poderá votar.