Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Novo escalão no AIMI recebe luz verde do Governo...

Gleb Makarov/Unsplash
Gleb Makarov/Unsplash
Autor: Redação

As propostas do BE e PCP para a criação de um novo escalão no AIMI (Adicional ao Imposto Municipal de Imóveis) receberam luz verde do Governo. A partir do próximo ano, quem tiver um património imobiliário acima de dois milhões de euros vai pagar mais imposto. A taxa de 1% passa a ser de 1,5%, segundo as novas regras.

O Governo chegou a acordo com os dois partidos para o agravamento da sobretaxa aplicada ao património imobiliário que entrou em vigor em 2017. O PCP defendia inicialmente a criação de uma nova taxa de 1,5% para património imobiliário acima dos 1,5 milhões de euros enquanto o BE reclamava uma taxa de 2% para imóveis com valor patrimonial acima dos dois milhões. O compromisso ficou-se nos 1,5%.

Assim, a partir do próximo ano haverá três escalões no AIMI. Aplica-se uma taxa de 0,7% a quem tiver um património avaliado entre os 600.000 euros e um milhão de euros, uma taxa de 1% entre um milhão e dois milhões de euros e uma taxa de 1,5% se o valor global ultrapassar os dois milhões de euros.