Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Chineses do EMGI Group apostam forte em Lisboa: República 55 terá 18 apartamentos de luxo

Vista panorämica do edifício / JLL
Vista panorämica do edifício / JLL
Autor: Redação

O EMGI Group está a apostar forte no desenvolvimento de projetos residenciais de excelência/luxo em Lisboa. O República 55, que terá 18 apartamentos de tipologias T0 a T4 com áreas entre 33 e 198 metros quadrados (m2) – inclui uma penthouse com piscina privativa –, é o quinto projeto da empresa de capitais chineses na capital. 

“O República 55 nascerá da reabilitação de um dos edifícios mais marcantes daquela avenida”, refere em comunicado a JLL, responsável, em regime de exclusividade, pela dinamização das vendas, que já arrancou.

O edifício em causa foi construído no final de século XIX e está situado no gaveto da Avenida da República com a Avenida Elias Garcia, sendo que será restaurado o exterior, o que valorizará “o seu estilo arquitetónico original”, adianta a consultora imobiliária. “(…) A nível de interiores, o hall de entrada será também um espaço que reflete a reabilitação de excelência deste projeto, distinguindo-se pelo seu estilo clássico e imponência. Nos apartamentos predominam as linhas contemporâneas, com uma nota de elegância e os mais elevados padrões de conforto da atualidade”, lê-se no documento.

Uma sala ampla e moderna / JLL
Uma sala ampla e moderna / JLL

Para Patrícia Barão, Head of Residential da JLL, o República 55 “vai ser um dos edifícios reabilitados mais bonitos de Lisboa”. “Com uma localização privilegiada no centro da cidade, onde se encontram os mais variados serviços, restaurantes, ciclovias e espaços verdes, aliados ainda ao selo de excelência do EMGI Group, este projeto tem tudo para ser um sucesso de vendas”, acrescentou.

O EMGI Group já desenvolveu em Lisboa os projetos República 37, Palmela 21, Square 53 e Rodrigo da Fonseca 40.