Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

A maioria dos “super” ricos tem casas a preços "abaixo das suas possibilidades"

Estudo mostra que nenhum fator pesa tanto na acumulação de dinheiro como o local onde se decide morar.

Fuente: Unsplash/ Jesse Roberts
Fuente: Unsplash/ Jesse Roberts
Autor: Redação

Imagina que és “super rico”. Tens tanto dinheiro que não precisas de preocupar-te com nada – muito menos com o preço das coisas.  E agora pensa que precisas de comprar uma casa... obviamente que a primeira coisa que vem à mente é: quanto maior e majestosa for, melhor. Mas talvez não seja bem assim. Sarah Stanley Fallaw, diretora de investigação do Affluent Market Institute, e autora do The Next Millionaire Next Door: Enduring Strategies for Building Wealth, que analisou cerca de 600 milionários, descobriu um segredo: a chave para construir riqueza é viver numa casa abaixo das suas possibilidades.

Stanley descobriu que nenhum fator desempenha um papel tão importante na acumulação de dinheiro como o local onde se decide morar. A maioria dos milionários que a investigadora estudou nunca comprou uma casa que custasse mais do que o triplo do seu rendimento aual. Algumas pessoas muito ricas, como Mark Zuckerberg ou Serena Williams, compraram casas bem abaixo das suas possibilidades.

A Business Insider desenvolveu um estudo no qual comparou o património líquido de cada pessoa com o preço que pagaram pelas suas casas. Como não possuíam os dados necessários para determinar o seu património líquido no momento da compra, ajustaram o preço da compra por inflação, utilizando uma calculadora de inflação para compará-lo ao património líquido atual. Resultado: todos os milionários da lista criada pela publicação norte-americana possuem uma casa que custa menos de 5% do seu património líquido.

Concluíram, por exemplo, que o bilionário Warren Buffett comprou a sua casa em 1958 por 31.500 dólares (28.259 euros) e que, ajustando-se à inflação, esse preço seria equivalente a cerca de uns 274.357 (246.132 euros) nos dias de hoje, o que representa 0, 0003% do património líquido do magnata, estimado em 82,1 bilhões de dólares (73,653 milhões de euros).

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, vive numa casa pela qual pagou 7 milhões de dólares (6,2 milhões de euros), o equivalente a 0,01% da sua riqueza. A moradia em Palo Alto, atualmente custa 7,8 milhões de dólares (7 milhões de euros). A sua fortuna é agora de 71.100 milhões de dólares (63.785 milhões de euros)...

A tenista Serena Williams comprou a sua casa em Beverly Hills em 2017 por 6,7 milhões de dólares (6 milhões de euros), o que representava apenas 3,8% do seu capital, que é de 180 milhões de dólares. A casa de Shaquille O'Neal, localizada na Flórida, custou em 1993 apenas 4 milhões de dólares (3,5 milhões de euros), o equivalente a 1,7% dos eu património líquido, que é de 400 milhões de dólares (358,8 milhões de euros).