Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Imobiliário em alta na Zona Euro: preços das casas com maior subida dos últimos 14 anos

Preço das casas disparou 5,4% num ano (no 4º trimestre de 2020 face ao período homólogo) na Zona Euro, o maior aumento desde 2006.

Imagem de moerschy por Pixabay
Imagem de moerschy por Pixabay
Autor: Redação

Não é só em Portugal que o preço das casas tem vindo a subir nos últimos tempos, inclusive em tempos de pandemia da Covid-19. Na Zona Euro assistiu-se, no quarto trimestre de 2020, a um crescimento homólogo de 5,4%, o maior aumento dos últimos 14 anos, ou seja, desde 2006. Na União Europeia (UE) a subida média quando comparada com o mesmo trimestre de 2019 foi maior, de 5,7%. Já em Portugal o crescimento homólogo foi de 8,6%. Em causa estão dados divulgados esta quinta-feira (8 de abril de 2021) pelo Eurostat.

Segundo o gabinete de estatísticas europeu, a subida homóloga dos preços das casas acelerou entre outubro e dezembro, face à registada no terceiro trimestre de 2020: 4,9% na Zona Euro e 5,3% na UE.

Os maiores aumentos homólogos dos preços das casas no quarto trimestre de 2020 ocorreram no Luxemburgo (16,7%), Dinamarca (9,8%) e Lituânia (9,4%). Portugal, com os já referidos 8,6%, surge na 7ª posição do ranking. 

Eurostat
Eurostat

Na comparação em cadeia, ou seja, no quarto trimestre de 2020 face ao anterior, os preços dos imóveis para habitação subiram 1,4% na Zona Euro e 1,3% na UE, depois de no trimestre anterior terem aumentado, respetivamente, 1,3% e 1,4%.

Os maiores aumentos em termos trimestrais tiveram lugar em Chipre e Luxemburgo (ambos 4,7%), Lituânia (3,9%) e Estónia (3,8%). Portugal aparece no 10º lugar da lista, com um aumento de 2.1%.