Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Custo da habitação

Últimas notícias sobre "Custo da habitação" publicadas em idealista.pt/news

Gtres

Quanto custa comprar casa em Portugal? Rx aos preços em todo o país

Comprar casa em Portugal continua a ser cada vez mais caro. No primeiro trimestre de 2020, o preço mediano de alojamentos familiares foi 1.117 euros por metro quadrado (€/m2), mais 3,3% que no trimestre anterior e mais 10,5% que no mesmo período do ano passado, revelou esta quinta-feira (9 de julho de 2020) o Instituto Nacional de Estatístia (INE), frisando que os números não traduzem ainda o impacto da pandemia da Covid-19 no mercado habitacional, pelo que podem “distanciar-se das condições e tendências mais atuais do mercado”.

Notícia sobre:

Portugal, o país da OCDE onde mais subiram os encargos com a habitação

O esforço que as famílias portuguesas têm de fazer para suportar as despesas com a habitação é hoje mais alto do que em 2010. Portugal é, de resto, o país dos 35 membros da OCDE onde os encargos com a casa mais subiram no período de uma década. Ainda assim, a proporção de agregados com rendimentos mais baixos que gastam mais de 40% do orçamento em habitação diminuiu.

Notícia sobre:
Pixabay

Poder para comprar casa em Portugal agrava-se "moderadamente" até 2020

O poder para comprar casa em Portugal deve agravar-se “moderadamente nos próximos dois anos”. Esta é uma das conclusões do mais recente relatório da Fitch, que antecipa que o referido poder de compra – o chamado 'housing affordability' – “seja desafiante para os compradores em Lisboa e no Porto, onde os preços das casas estão a crescer rapidamente”. Segundo a agência de notação financeira, devem subir mais de 6% em Portugal até 2020.

Notícia sobre:

Preço das casas em Portugal sobe 15,6% num ano

O preço de venda das casas em Portugal continental aumentou 15,6% em setembro face ao mesmo mês do ano passado e 1,3% em termos mensais. Os dados são da Confidencial Imobiliário (Ci), no âmbito do Índice de Preços Residenciais (IPR), e confirmam que é cada vez mais caro comprar casa no país.

Notícia sobre:

Comprar casa em Lisboa chega a ser tão caro como em Paris

Viver no centro de Lisboa é cada vez mais caro, uma tendência que não é de agora e que se deverá manter nos próximos tempos, pelo que muitos portugueses podem ter de optar por viver noutras zonas da cidade, mais baratas. Entre outros fatores, o turismo e o aumento da procura estão a fazer com que o preço por m2 se aproxime dos valores praticados em Paris (França), por exemplo.

Notícia sobre:

Portugueses preferem ser proprietários, mas as casas estão mais caras – resumo 2015

O ano arrancou e mais uma vez ficou vincada uma ideia: a cultura de ser proprietário continua enraizada na maioria dos portugueses, já que mais de 50% das pessoas prefere comprar casa em vez de viver numa arrendada. O Mercado de compra e venda de imóveis continua a ganhar terreno ao arrendamento, apesar deste estar mais dinâmico.

Notícia sobre:

Preços das casas na zonas históricas vão subir em Lisboa e Porto

Os preços das casas nas zonas históricas de Lisboa e do Porto vão continuar a subir este ano devido ao aumento dos serviços causado pelo crescimento do turismo e procura internacional. Uma ideia confirmada pelas mediadoras ERA e Century 21 Portugal.

Notícia sobre:

Crédito à habitação: pagar a casa é mais caro em junho

A mensalidade a pagar ao banco pelo empréstimo da casa vai aumentar em junho. Em causa está o facto de as taxas Euribor – usadas como referência em Portugal no crédito habitação – terem aumentado em abril, à semelhança do que tem acontecido nos últimos meses. Ou seja, os contratos revistos em maio vão sofrer um agravamento nas prestações.

Notícia sobre:

Avaliação bancária das casas volta a subir

Em fevereiro, à semelhança do que já tinha acontecido no primeiro mês do ano, o valor médio de avaliação bancária em Portugal, para fins de crédito à habitação, aumentou em termos homólogos. Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), os bancos avaliaram as casas, em média, por 1.001 euros por m2 em fevereiro, menos nove euros (-0,9%) que em janeiro.

Notícia sobre: