Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

passos quer “ajustamento” no programa de ajuda externa

pedro passos coelho garante que portugal vai cumpriri o programa da troika mas prevê "reajustes" em novembro
Autor: Redação

em conferência de imprensa, no final da xxi cimeira ibero-americana, em assunção, no paraguai, pedro passos coelho não confirmou, mas também não desmentiu de forma directa, a notícia avançada ontem pelo semanário expresso segundo a qual "portugal precisa de mais 25 mil milhões de euros" além dos 78 mil milhões que fazem parte do programa acordado com a "troika" internacional

"não tenho conhecimento de nenhumas declarações do senhor ministro das finanças nesse sentido e posso mesmo acrescentar que muito estranharia que fizesse declarações nesse sentido", começou por dizer o primeiro-ministro, citado pelo jornal de negócios

passos coelho reiterou depois que portugal vai "cumprir as metas" do programa acordado com o fundo monetário internacional, comissão europeia e banco central europeu, mas não deixará de "propor alguns ajustamentos" a esse programa em novembro, quando este voltar a ser avaliado, tendo em conta a evolução "do cenário macroeconómico" e "das principais variáveis" registada nos últimos meses