Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Portugal "é uma bolha" que pode rebentar em breve, antecipa Varoufakis

Autor: Redação

O antigo e mítico líder das Finanças gregas, Yanis Varoufakis, continua a ser uma voz ativa sobre a economia internacional, que faz eco no panorama internacional. Apontando mais uma vez fortes críticas às principais autoridades políticas e económicas da Europa, o político helénico avisa que o "desempenho económico Grécia vai continuar a cair" e que Portugal é "uma bolha" que pode rebentar em breve.

Numa entrevista ao site Business Insider, citada pelo Notícias ao Minuto, o economista acusou novamente os líderes europeus de apostar numa estratégia errada para resolver a crise económica e financeira.

“Estamos a atirar dinheiro que roubamos aos mais pobres para tentar resolver o problema”, diz Varoufakis, acusando Wolfgang Schauble, Angela Merkel, Christine Lagarde e Alexis Tsipras de montarem “um espetáculo que mostra que a Europa não funciona”. “As pessoas de todos os países estão a ficar frustradas e por isso, partidos de extrema-direita como a Frente Nacional em França estão a ganhar força.”

Confrontado com o exemplo de recuperação económica portuguesa, o ex-Ministro das Finanças grego diz que “nem tudo vai bem” em território luso e recorre a um exemplo: “Portugal ainda tem um dos níveis de endividamento mais altos da União Europeia”. “O país é uma bolha”, garante Varoufakis, colocando a Irlanda no mesmo patamar.

“O facto destes dois países estarem a ser usados como exemplos apenas serve para mostrar como a Europa está necessitada de boas notícias”, assegura.

Apesar das críticas à política económica e financeira, Yanis Varoufakis aplaude a “decisão fantástica” de Angela Merkel de acolher os refugiados sírios em território alemão. “Muros e fronteiras são sinais de fraqueza (…) Se alguém está em situação de necessidade, temos de abrir as portas”, conclui.