Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Arrendar uma casa por 36 mil euros por dia?!... É quanto custa agora no Rio com os Jogos Olímpicos

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Os Jogos Olímpicos do Brasil estão a agitar o mercado imobiliário de alto luxo no Rio de Janeiro. À beira de uma bolha especulativa, os preços de arrendamento dos apartamentos de luxo ou das moradias dispararam atingindo um patamar à volta dos 40 mil dólares (perto de 36 mil euros). O cenário é dado a conhecer por Leonardo Schneider, vice-presidente do sindicato da habitação do Rio (Secovi-RJ).

“O mercado nunca esteve tão aquecido como agora. E em todos os segmentos: alto padrão, médio e pequenos apartamentos. Existem imóveis para todos os gostos. E embora estejamos às vésperas dos Jogos ainda é possível se encontrar algo…”, contava o responsável em entrevista ao meio brasileiro Isto é dinheiro, dias antes de arrancarem as Olimpíadas.

Os preços "escaldam", por exemplo, nas mansões em São Conrado, Estrada do Juá, locais próximos à Vila Olímpica, com áreas entre os 300 a 500 m2, que podem atingir os 40 mil dólares/dia;

Ou nos apartamentos na Barra da Tijuca chegam aos 10 mil dólares por dia. Em bairros como Ipanema e Copabacana é possível encontrar apartamentos menores, de 100 metros quadrados, mas só a partir dos 1.000 euros diários.

Os arrendatários, indica o dirigente do sindicato da habitação do Rio, são “artistas, milionários árabes, americanos ou europeus. Um pouco de tudo. Gente que quer discrição, comodidade e segurança para a sua família. Ou mesmo grupo que observa mais comodidade em alugar uma mansão do que ficar em um hotel cinco estrelas….”