Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Sonae Sierra e eslovaca JT compram três centros comerciais em Espanha por 485 milhões

Gran Casa
Gran Casa

Terá chegado ao fim uma das grandes operações comerciais do ano em Espanha. E envolve a portuguesa Sonae Sierra, que se terá aliado ao grupo eslovaco JT Real Estate para comprar três centros comerciais no país vizinho, o Max Center, o Valle Real e o Gran Casa. Em causa está um negócio que rondará os 485 milhões de euros, revelaram ao idealista/news fontes próximas do negócio.

De referir que até agora os ativos estavam na posse da própria Sonae Sierra e da CBRE Global Investors. Ao que tudo indica, a “joint venture” formada pela Sonae Sierra e pela JT Real Estate terá “levado a melhor” sobre a alemã ECE, que também estava interessada no negócio. O negócio deverá estar fechado até final de outubro.

Esta carteira imobiliária, batizada como Summit, é formada pelos shoppins Gran Casa, localizado em Zaragoza, Valle Real, na Cantábria, e Max Center, em Barakaldo. A Sonae e a CBRE Global Investors já tinham anunciado que esperavam arrecadar cerca de 500 milhões de euros com esta operação.

Após esta transação a Sonae continuará como proprietária – em partes iguais – dos três espaços, sendo que agora a CBRE Global Investors sai do capital em troca com a JT Real Estate. 

Quem é a JT Real Estate

A empresa, que opera desde Bratislava, foi criada em 1996 e está presente em cinco países. Tem mais de 720.000 metros quadrados (m2) de projetos desenvolvidos, que estão avaliados em mais de 1.000 milhões de euros, e tem mais de 300 empregados. 

Já a Sonae Sierra opera em 12 países e gere cerca de dois milhões de m2 de superfície bruta arrendável, tendo uma carteira de ativos avaliada em mais de 7.000 milhões de euros.