Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Inditex fecha Uterqüe e integrará a marca na Massimo Dutti

A gama de produtos da marca premium, que desaparece em lojas próprias, estará disponível no site e em espaços selecionados.

Uterqüe
Uterqüe
Autor: Redação

O gigante da moda espanhol vai reorganizar a sua ‘pool’ de marcas. A Inditex integrará a Uterqüe na Massimo Dutti no próximo ano, dentro da estratégia de antecipação e transformação digital. Toda a gama de produtos Uterqüe estará disponível no site e em lojas selecionadas da Massimo Dutti e não será mais vendida em lojas próprias.

A empresa quer assim aproveitar ao máximo a penetração e projeção que Massimo Dutti tem há anos em mercados internacionais como Estados Unidos, Canadá, México ou Turquia. E dará também continuidade à estratégia iniciada com Zara Home e Zara, onde, com "resultados muito bons", as sinergias entre as marcas são maximizadas.

Todos os outros formatos, por sua vez, continuam a desenvolver a sua estratégia de transformação digital integrada e mantêm aberturas de lojas relevantes. No final do semestre, o grupo contava com 6.654 lojas, após a inauguração de 92 novas lojas em 27 mercados ao redor do mundo.

Uterqüe, passado e presente

A marca é a menor em volume de negócios, muito atrás da outra mais pequena, Oysho. No primeiro semestre, a Uterqüe faturou 48 milhões de euros, contra 31 milhões de euros no ano anterior. Em 31 de julho, a Uterqüe operava com 82 lojas, face 89 no mesmo período do ano anterior.

A rede foi inaugurada em julho de 2008 com três inaugurações simultâneas em A Coruña, Madrid e Barcelona e, no final do primeiro ano de vida, já contava com 31 lojas em três países.

O conceito, que teve a sua equipa em Tordera (Barcelona), nasceu especializado em acessórios e foi a primeira experiência da Inditex na gama premium. Com o tempo, diversificou-se para o vestuário feminino e chegou a lançar uma linha masculina que acabou descontinuando. Em toda a sua história, a Inditex tinha fechado até agora apenas uma rede, Often, especializada no público masculino, que decidiu acabar em 2006 após apenas três anos de atividade, sendo que neste caso a marca desapareceu por completo.