Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Há que pagar o seguro do carro, se está estacionado, sem circular, por causa da pandemia?

Devido ao confinamento, muitas famílias têm os veículos parados. Explicamos como proceder quando chega a fatura do seguro.

Photo by Nathalia Segato on Unsplash
Photo by Nathalia Segato on Unsplash
Autor: Redação

Para ajudar os portugueses a superarem a crise gerada pelo coronavírus, o Governo e a banca criaram medidas de alívio a vários níveis. Mas o pagamento do seguro automóvel é inevitável. Mesmo que o carro esteja parado, sem circular, devido ao confinamento, a fatura do seguro tem de ser paga a tempo e horas. Explicamos porquê, no artigo de hoje da Deco Alerta.

Trata-se de uma rubrica semanal destinada a todos os consumidores em Portugal que é assegurada pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor* para o idealista/news.

Estou em casa com a família há já 2 meses e ainda não tenho data para retomar a rotina casa/ trabalho. Estando em confinamento social, o meu carro está estacionado, parado sem circular. Disseram-me que, nesta situação de pandemia, e desde que estacionado, a viatura não necessita de seguro. Solicito esclarecimento sobre este assunto?

O que te disseram está errado. É sempre necessário que o veículo esteja coberto por um seguro.

Apesar de não estares a circular com o teu automóvel nestes dias, não deixes de pagar o seguro ou nem ultrapasses a data de limite de pagamento. Ter o carro parado não é razão para não desistir do seguro. Existem sempre riscos de o carro ficar danificado ou, mesmo em situação de calamidade, teres de sair com o carro que, como é do conhecimento geral, não pode circular sem ter seguro.

Um seguro garante o pagamento de eventuais danos causados a terceiros até ao limite de 7.290.000 euros, 6.070.000 euros para danos físicos corporais e 1.220.000 euros para danos materiais. Não esqueças que é obrigatório por lei apresentar seguro do veículo, podendo o proprietário ser multado em falta do mesmo, bem como será responsabilizado por quaisquer danos causados a terceiros.

Verifica pois a data de limite do teu seguro automóvel para que não seja ultrapassada e procedas ao pagamento. Se este falhar o contrato de seguro poderá ser anulado pela segurada.

Aproveita o tempo de confinamento para analisar a tua apólice e averiguar outras propostas existentes no mercado. Utiliza, por exemplo o nosso simulador de seguro automóvel.

Se verificares a pertinência de mudar de seguradora, podes fazê-lo sem sair de casa, através da internet ou de apoio telefónico.

* Informa-te dos teus direitos. Conta com o apoio da DECO através do número de telefone 21 371 02 20, do endereço eletrónico decolx@deco.pt. Podes também marcar atendimento via skype.