Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Arrendar casa

Últimas notícias sobre "Arrendar casa" publicadas em idealista.pt/news

Photo by kyo azuma on Unsplash

À procura de casa? Quanto custa comprar e arrendar junto às melhores escolas do país

O processo de procura de casa, seja para comprar ou arrendar, é condicionado por vários fatores. E no caso das famílias, um dos mais relevantes é a proximidade de escolas. Mas será que estar perto de uma determinada instituição de ensino influencia o preço da casa? E se essa escola fosse uma das melhores de Portugal, isso afetaria o preço por metro quadrado (m2) dos imóveis residenciais na zona? O idealista foi analisar e apresenta agora os resultados. De uma forma global, pode concluir-se que as melhores escolas estão localizadas nas zonas consolidadas de classe média-alta.

Notícia sobre:

Como superar o tabu da prospeção? Novo livro visa ajudar os agentes imobiliários neste desafio

“O Poder Da Prospeção. Tudo Sobre a Geração de Contactos na Mediação Imobiliária. Um Negócio de Pessoas para Pessoas”. Assim se chama o novo livro de Massimo Forte, o quarto do consultor independente especializado em mediação imobiliária. O lançamento da obra está agendado para dia 29 de outubro, às 21h00, e poderá ser acompanhado online, via Facebook e Instagram. As pré-vendas começaram esta quinta-feira (22 de outubro), através do site do autor, e arrancarão em breve também na Fnac.

Notícia sobre:

Rendas: transição de contrato antigo por falta de resposta do inquilino considerada inconstitucional

O Tribunal Constitucional (TC) declarou inconstitucional a norma da Lei das Rendas que possibilitou que inquilinos com rendas antigas vissem os seus contratos terminados por não terem respondido atempadamente aos senhorios e desconhecendo os efeitos que essa ausência de resposta poderia ter. Trata-se de uma decisão tomada tendo em conta um caso concreto, mas que poderá influenciar outros que nas mesmas circunstâncias venham a ser julgados. 

Notícia sobre:

Lisboa: abertas candidaturas ao terceiro concurso do Programa Renda Acessível (até 5 de novembro)

Os interessados em candidatar-se ao terceiro concurso do Programa Renda Acessível (PRA) da Câmara Muncipal de Lisboa (CML) podem fazê-lo até às 17h00 do dia 5 de novembro de 2020. Em causa está uma bolsa de 75 habitações particulares, arrendadas pela autarquia através do Programa da Renda Segura (PRS) – os imóveis serão depois subarrendados a custos controlados.

Notícia sobre:
As casas mais vistas de terca-feira

As casas mais vistas de terca-feira

 
Notícia sobre:

Ser fiador de um inquilino no arrendamento de uma casa, sim ou não?

A existência de um fiador a um inquilino – por parte de um senhorio – aquando da celebração de um contrato de arrendamento não é uma obrigatoriedade, apesar de alguns “donos de casa” assim o exigirem. Que cuidados deve ter um arrendatário na “escolha” do fiador e o que significa realmente ser fiador num contrato de arrendamento? Explicamos tudo sobre este assunto no artigo de hoje da Deco Alerta.

Notícia sobre:
Freepik

Covid não trava escalada de preços das casas na Alemanha e "finta" previsões dos especialistas

Nem a crise do novo coronavírus travou a escalada de preços das casas na Alemanha. No segundo trimestre deste ano, que inclui o período de maiores restrições à atividade económica, o preço médio das moradias e apartamentos aumentou 6,6% em termos homólogos e 2% face aos primeiros três meses do ano.

Notícia sobre:
Eurostat

O que mudou na habitação desde 2010: preço das casas subiu quase o dobro das rendas

Comprar ou arrendar casa ficou mais caro na última década, e nem a pandemia da Covid-19 travou o ritmo de subidas. Desde 2010 e até ao segundo trimestre de 2020, as rendas da habitação aumentaram 14,2% enquanto os preços de venda subiram quase o dobro, cerca de 25%, segundo os dados divulgados pelo Eurostat. Portugal conseguiu superar a média europeia: nos últimos dez anos, os preços para comprar casa no país subiram mais de 40% e as rendas aumentaram mais de 15%.

Notícia sobre:

Senhorios: contribuintes que declararam rendimentos de rendas aumentaram 30%

O número de contribuintes que declarou no IRS ter recebido rendimentos de rendas em 2018 ascendeu a 769.110, crescendo 30,3% face aos 590.120 que o fizeram relativamente ao ano anterior. A subida destes contribuintes foi acompanhada pelo valor que declararam e que, segundo indicam os dados estatísticos do IRS de 2018 (cuja declaração foi entregue em 2019) agora divulgados pela Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), avançou 13,2%.

Notícia sobre: