Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Férias em hotel com piscina fechada por causa da pandemia? E agora?

É possível anular a reserva e receber o dinheiro de volta? Na rubrica semanal Deco Alerta explicamos tudo sobre este assunto.

Férias em hotel com piscina fechada por causa da pandemia? E agora?
Foto de Kindel Media no Pexels
Autor: Redação

Para muitos portugueses é chegada a hora de fazer a mala e ir de férias. Significa isto, por exemplo, que os tão desejados mergulhos na piscina estão aí à porta? Mas e se a piscina do hotel/alojamento escolhido estiver encerrada devido à pandemia da Covid-19, bem como o spa e o parque infantil, os planos vão por água abaixo, certo? Será que é possível anular a reserva e receber o dinheiro de volta? No artigo desta semana da Deco Alerta explicamos-te tudo sobre este assunto.

A Deco Alerta é uma rubrica semanal destinada a todos os consumidores em Portugal que é assegurada pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor* para o idealista/news.

Tenho uma reserva para um hotel para passar férias com a família em agosto, mas informaram-me que, atendendo à situação pandémica que atravessamos, vai encerrar o serviço de piscina, parque infantil e spa. Como estes serviços são essenciais para gozar as minhas merecidas férias, não quero manter a reserva e pretendo a devolução do dinheiro. Posso fazê-lo? O que me aconselham?

Os órgãos oficiais de saúde têm recomendado aos hotéis a aplicação de medidas que assegurem o distanciamento social, limpeza e higienização. Logo, poderá dar-se o caso de o hotel que escolheste ser obrigado a encerrar alguns serviços, como os que referes. 

Aconselhamos-te a que, desde já, contactes a gerência do hotel e procures uma solução equilibrada, por acordo, que acautele as vossas legítimas expectativas, enquadradas neste novo contexto pandémico, e que poderá até passar por uma redução do preço, inicialmente fixado.

Recomendamos a todos os consumidores que:

  • Preparem as férias e contactem previamente o hotel para recolher informação sobre todas as medidas aplicáveis, nomeadamente, de limpeza, higienização, utilização de espaços comuns e serviços de restauração. Devem solicitar o envio dessa informação por escrito, através de um suporte duradouro, por email, por exemplo. 
  • Antes de efetuarem qualquer reserva, é importante que se informem sobre todos os custos envolvidos com o alojamento. Poderão surgir custos adicionais pela entrega de refeições no quarto, como alternativa ao serviço de restaurante, por exemplo. Não se esqueçam de perguntar sobre o custo da taxa turística, se aplicável. 
  • Verifiquem se o hotel é aderente e acumule o valor de IVA até dia 31 de agosto para vir a beneficiar do seu IVAucher!

Consulta o nosso guia de turismo e lazer.

Se precisas de mais informação ou apoio, conta connosco através do email deco@deco.pt ou do número de telefone 21 371 02 00. 

*Visita o nosso site (Deco.pt) e segue-nos na página de Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e Linkedin.