Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Casas dos bancos são “lixo”, diz Luís Lima

Autor: Redação

Os bancos foram acumulando, com o passar do tempo e com o avolumar da crise, muitas casas, que ficaram na sua posse na sequência de incumprimentos com o crédito à habitação. Para Luís Lima, presidente da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP), estes imóveis são de baixo valor e estão localizados em zonas com baixa procura. 

“Os bancos esgotaram o stock do habitacional e alguns, vê-se nos sites, praticamente só têm lixo. São imóveis de baixo valor em zonas onde não têm qualquer procura. Um gestor imobiliário que se preze tem de ter muito cuidado com o que vai vender porque se vai enfiar ‘charutos’ a determinados investidores estraga o potencial de clientes”, disse Luís Lima, em entrevista ao Jornal de Negócios.

Segundo o responsável, o facto das dações em pagamento estarem a cair – diminuíram 54% no ano passado – está a contribuir para que os bancos fiquem com menos casas em carteira. “A manter-se esta tendência, o fenómeno das dações em pagamento vai desaparecer no fim de 2014. Vai haver sempre incumprimento, só que o mercado vai funcionar e vai dar hipótese às imobiliárias ou às próprias pessoas de venderem o imóvel para pagarem o que devem”, frisou.