Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Deco Alerta: É seguro contratar um cartão de crédito para baixar o spread do crédito à habitação?

Gtres
Gtres
Autor: Redação

As estratégias usadas pelos bancos para baixar os spreads do crédito à habitação são o 36º tema da Deco Alerta. Destinada a todos os consumidores em Portugal, esta rubrica semanal é assegurada pela Deco - Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o Idealista/news Portugal.

Envia a tua questão para a Deco, por email para gcabral@deco.pt ou por telefone para 00 351 21 371 02 20.

O gerente do banco onde solicitei crédito à habitação sugeriu que eu e a minha mulher contratássemos um cartão de crédito para que se pudesse baixar o spread do futuro empréstimo. Fiquei com dúvidas, pois pareceu-me um apelo ao crédito ao consumo. Vale mesmo a pena? 

“Cada caso é um caso”, diz o provérbio. E pode aplicar-se à questão que colocas. Ou seja, terás de estudar todas as possibilidades do mercado e simular os resultados. 

É verdade que a maioria dos bancos diminui o spread do empréstimo se o consumidor contratar um cartão de crédito, subscrever uma aplicação ou domiciliar o ordenado, por exemplo. Trata-se de uma estratégia de marketing muito popular nos dias de hoje: o “cross-selling”.

O “cross-selling”, ou venda cruzada, consiste na oferta aos clientes de produtos complementares àqueles que consomem ou pretendem consumir. É uma estratégia que se revelou eficaz nas empresas de pequena e média dimensão, pois permite fidelizar clientes, otimizar receitas e custos, adicionar valor à venda da empresa, criar uma diferenciação no mercado e distinguir-se da concorrência. 

No setor da banca, o “cross-selling” tem sido aplicado sobretudo nas relações com consumidores que já são clientes do banco, pois a relação pessoal torna-se mais fácil e menos dispendiosa.

Não sabemos se consultaste outras instituições bancárias, mas se tal sucedeu e se reuniste várias propostas de financiamento e estas incluem “cross-selling”, o ideal será simular a proposta mais vantajosa. Para isso, terás de comparar a Taxa Anual Efetiva Revista (TAER) dessas propostas. 

A TAER reflete os custos do empréstimo, assim como dos produtos que aceites contratar (seguros ou cartão de crédito, por exemplo), para obter um spread mais baixo.

O nosso sítio na internet tem um simulador disponível para esta operação: http://www.deco.proteste.pt/casa/credito-habitacao/simule-e-poupe/credito-habitacao-compensa-contratar-produtos-para-reduzir-o-spread

Antes de tomares uma decisão, lê atentamente os contratos propostos e recolhe toda a informação. Podes contar com os esclarecimentos e informação da DECO