Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Prestação da casa mais barata: custa menos 35% que há 20 anos

Florian Müller/Unsplash
Florian Müller/Unsplash
Autor: Redação

Atualmente, comprar uma casa ao banco fica mais barato do que há duas décadas. A prestação de um crédito à habitação de 150 mil euros, por um prazo de 30 anos, indexado à Euribor a seis meses, e com um spread de 1%, é hoje de menos de 460 euros por mês. O mesmo empréstimo, há 20 anos, custava mais de 700 euros.

As prestações da casa foram descendo “à boleia” das políticas do Banco Central Europeu (BCE), que atiraram as taxas Euribor para terreno negativo ao longo dos últimos anos. Segundo as contas da Deco, citadas pelo Diário de Notícias, em julho de 2009 o mesmo empréstimo ao banco custava 570,54 euros por mês, mas há 20 anos chegava aos 706,73 euros.

Um cliente com empréstimo ao banco nas mesmas condições pagará, este mês (agosto de 2019), 458,92 euros - ou seja, menos 35%, se recuarmos duas décadas. A prestação da casa a pagar ao banco deverá, de resto, continuar a descer, devido à continuada política de juros baixos - uma boa notícia para muitas famílias com crédito à habitação, que podem contar com este "extra" no seu orçamento.

As Euribor – são o principal indexante em Portugal nos contratos bancários que financiam a compra de casa - só devem regressar a terreno positivo no final do primeiro trimestre de 2024, como o idealista/news noticiou. Espera-se, inclusive, que Mario Draghi, presidente do BCE, desça os juros para mínimos históricos antes do final do seu mandato.