Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Bancos voltam a abrir a torneira do crédito à habitação – o melhor arranque de ano desde 2008

Bancos emprestaram 977 milhões de euros para a compra de casa em janeiro de 2020, bem mais que há um ano (746 milhões).

Autor: Redação

A concessão de novo crédito à habitação em Portugal está ao rubro, com os bancos a mostrarem cada vez mais disponibilidade para financiarem a compra de casa. Em janeiro de 2020, os bancos emprestaram 977 milhões de euros para este efeito, menos que nos dois meses anteriores (1.117 milhões em dezembro e 978 milhões em novembro), mas bem mais que no período homólogo (746 milhões de euros). Trata-se, de resto, do melhor arranque de ano desde 2008, quando foram concedidos 1.522 milhões de euros. 

“Os volumes de novas operações para habitação, consumo e outros fins totalizaram 977, 460 e 215 milhões de euros, respetivamente”, lê-se na nota divulgada pelo Banco de Portugal (BdP).

Os dados revelados pelo BdP permitem ainda concluir que os bancos estão a emprestar mais de 900 milhões de euros por mês há cinco meses consecutivos, ou seja, desde setembro de 2019.

De referir ainda que em 2019 as novas operações de crédito à habitação atingiram 10,6 mil milhões de euros, sendo preciso recuar também até 2008 para encontrar um valor mais elevado (13,4 mil milhões de euros).