Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Jogos do Benfica e Sporting garantidos na Vodafone e Cabovisão. E na Meo?

Autor: Redação

A Meo é a única operadora que continua fora do acordo de partilha de conteúdos desportivos estabelecido entre as players do setor. A NOS comunicou esta quinta-feira que já formalizou um acordo com a Vodafone e com a Cabovisão, no âmbito dos direitos desportivos. 

Em comunicado enviado à CMVM, a NOS - que ficou com os direitos desportivos para transmissão dos jogos do Benfica e do Sporting - revelou que chegou a acordo para a “disponibilização recíproca dos direitos de transmissão relativos a eventos desportivos, bem como a transmissão e distribuição de canais de desporto e canais de clubes, cujos direitos sejam, atualmente detidos ou venham a ser adquiridos pelas partes, nela se prevendo, nomeadamente, a comparticipação nos custos (atuais e futuros) associados a estes conteúdos desportivos”.

Ou seja, e tal como explica o Dinheiro Vivo, o acordo prevê a distribuição não só dos direitos dos jogos mas também dos canais desportivos, como o Benfica TV. A NOS também é acionista da Sport TV, que lançou esta semana um novo canal.

Já a Vodafone, citada pelo jornal, esclarece que este acordo entra em vigor já na próxima época e que inclui também os jogos do Benfica em casa e acesso ao Benfica TV.

PT continua a negociar 

Por fechar está ainda o acordo com a PT, dona do Meo. Os dois operadores não se entendem relativamente aos direitos desportivo, chegando mesmo a Meo a suspender a transmissão do Porto Canal na NOS – a operadora liderada por Paulo Neves ficou com os direitos desportivos do Porto.

Contactada pelo jornal, fonte oficial da PT diz que “o que diz respeito ao acordo sobre conteúdos desportivos entre a NOS, MEO e Vodafone, as negociações continuam. Manteremos o mercado informado sobre quaisquer desenvolvimentos nesta matéria.”