Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

CMVM

Últimas notícias sobre "CMVM" publicadas em idealista.pt/news

Venda de crédito malparado deixa buraco de 500 mil euros no Novo Banco

Na reta final do ano, o Novo Banco fez um sprint e vendeu duas carteiras de crédito malparado – o “Projeto Orion” e o “Projeto Harvey” – que lhe valeram um encaixe de 117 milhões de euros. Agora, a entidade bancária veio revelar que estes negócios tiveram um impacto negativo de 500 mil euros na demonstração de resultados de 2021.

Notícia sobre:

Montepio vende carteira de crédito malparado por 253 milhões

As operações de crédito malparado estão ao rubro em Portugal. Depois de o Novo Banco ter vendido duas carteiras de Non-Performing Loans (NPL, na sigla inglesa) na reta final do ano por cerca de 117 milhões de euros, foi a vez do Montepio finalizar a venda de uma carteira de créditos não produtivos por 253 milhões de euros.

Notícia sobre:

Fundos imobiliários a engordar: valor sob gestão sobe 1,3% em novembro

O interesse pelos fundos imobiliários continua a existir e o valor sob gestão está mesmo a engordar, subindo 1,3% em novembro face ao mês anterior (+133,7 milhões) para um total de 10.813,8 milhões de euros, mostram os dados mais recentes da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). A Square AM, a Interfundos e a Caixa Gestão de Ativos continuam a ter as quotas de mercado mais elevadas.

Notícia sobre:

Gestão de fundos de investimento imobiliário desacelera em outubro

A corrida aos fundos imobiliários esmoreceu em outubro, depois de ter acelerado em setembro (face a agosto), segundo dados divulgados pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Em outubro, o valor sob gestão dos Fundos de Investimento Imobiliário (FII), dos Fundos Especiais de Investimento Imobiliário (FEII) e dos Fundos de Gestão de Património Imobiliário (FUNGEPI) atingiu 10.650,0 milhões de euros, menos 124,7 milhões (1,2%) que em setembro.

Notícia sobre:

Corrida aos fundos imobiliários: valor sob gestão sobe 67,1 milhões

O interesse pelos fundos imobiliários está ao rubro. Em setembro de 2021, o valor sob gestão dos Fundos de Investimento Imobiliário (FII), dos Fundos Especiais de Investimento Imobiliário (FEII) e dos Fundos de Gestão de Património Imobiliário (FUNGEPI) atingiu 10.774,8 milhões de euros, mais 67,1 milhões (0,6%) que no mês anterior, segundo dados revelados recentemente pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Notícia sobre:

Travão a fundo no valor gerido por fundos imobiliários – cai 160 milhões em julho

Em julho de 2021, o valor gerido pelos vários fundos de investimento imobiliário portugueses atingiu 10.622,5 milhões de euros, menos 159,7 milhões (1,48%) que em junho, segundo dados divulgados recentemente pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Notícia sobre:

Dono da Zara reforça investimento na energia - depois de apostar no imobiliário

O dono da Zara, Amancio Ortega, decidiu voltar a diversificar o seu leque de investimentos e apostou na portuguesa REN – Redes Energéticas Nacionais, com a compra de 12% do seu capital à Mazzon (Oman Oil). Esta operação foi levada a cabo pela holding da família Ortega, a Pontegadea, que detém um património imobiliário avaliado em mais de 14.000 milhões de euros.

Notícia sobre: