Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Portugal conclui pagamento da tranche mais elevada do empréstimo do FMI

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Portugal vai pagar antecipadamente 800 milhões de euros ao Fundo Monetário Internacional (FMI). A garantia foi dada por Ricardo Mourinho Félix, secretário de Estado das Finanças, no Eurogrupo, em Bruxelas. Desta forma, fica concluído o reembolso da tranche mais elevada do empréstimo desta instituição.

“Tive oportunidade de informar os meus colegas de que Portugal ia fazer o pagamento dos 800 milhões de euros do empréstimo do FMI que correspondem à parte final daquilo que era a autorização concedida, mas também daquilo que era o empréstimo em condições menos favoráveis”, disse Ricardo Mourinho Félix, em declarações aos jornalistas após a primeira reunião do Eurogrupo presidida por Mário Centeno.

Segundo a Lusa, que cita o secretário de Estado, este pagamento, que deverá ocorrer esta semana, “conclui a autorização que tinha sido pedida e que permitia pagar a totalidade daquilo que era a tranche mais cara do empréstimo do FMI”, no quadro do programa de assistência financeira a Portugal.

De referir que ficam ainda por pagar cerca de 4,5 mil milhões de euros do empréstimo do FMI por saldar, “mas a uma taxa muito mais baixa”, adiantou Ricardo Mourinho Félix, salientando que o pagamento antecipado das tranches do empréstimo ao FMI é “um marco”.