Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Bancos portugueses têm o terceiro rácio de crédito malparado mais alto da Zona Euro

ECO
ECO
Autor: Redação

Os bancos portugueses têm o terceiro rácio de crédito malparado (Non-Performing Loans, NPL, na sigla inglesa) mais alto da Zona Euro, isto apesar de estar a abrandar. São, por outro lado, dos que têm os rácios de capital mais baixos da região. Em causa estão dados divulgados recentemente pelo Banco Central Europeu (BCE).

Segundo o ECO, que se apoia nos referidos dados do BCE, Portugal atingiu um rácio de crédito malparado de 5,5% no final do terceiro trimestre de 2020, em plena pandemia da Covid-19, um valor 1% mais baixo que o verificado nove meses antes, ou seja, em dezembro de 2019. Apenas os bancos gregos e cipriotas registavam níveis mais elevados, com rácios de 28,8% e 14,3%, respetivamente.

Relativamente aos rácios de capital, os bancos portugueses tinham, no período em causa, os mais baixos na Europa, sendo que apenas os bancos espanhóis levam a melhor sobre os nacionais.