Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Fisco está a investigar 90 processos de transferências de jogadores de futebol

Ben Hershey/Unsplash
Ben Hershey/Unsplash
Autor: Redação

O Fisco está a apertar o controlo sobre os negócios de compra e venda de jogadores de futebol. O relatório anual de combate à fraude e evasões fiscais das Finanças, recentemente publicado, revela que a máquina fiscal abriu 90 processos para investigar transferências e contratações suspeitas no futebol português.

O relatório refere que “o setor do desporto em geral, e do futebol em particular, tem vindo, nos últimos tempos, a ser uma preocupação por parte da Autoridade Tributária (AT) dados os valores envolvidos nas transações de jogadores e respetivas comissões de intermediação e direitos de imagem”, daí surgirem com frequência “suspeitas da existência de negócios simulados, com interposição de sociedades, com vista a camuflar rendimentos sujeitos a IRS”.

O documento acrescenta que foram emitidos pedidos de cooperação internacional junto de 16 países diferentes, “alguns dos quais, ainda, pendentes de resposta".

A AT participou também num controlo multilateral promovido por Espanha, no qual participaram também o Reino Unido e a Holanda, “com vista à análise de alguns casos concretos de intermediação de jogadores, estando já em fase de conclusão, e que deu origem a propostas de correções em Portugal no montante de 883.000 euros”. As Finanças não identificam, ainda assim, quaisquer dos visados por estes processos.